condiloma vírus HPV

condiloma vírus HPV

condiloma vírus HPV

Introdução

Verruga (verrugas) São focos proliferativas de queratinócitos epiteliais infectadas com papilomavírus humano (HPV), o vírus de ADN Que se replicam EM Células epiteliais. Porque papilomavírus São Especializados parágrafo Replicação em epitélio externo, como Infecções São de Âmbito limitado Pelé e das mucosas expostas Ao ambiente externo (micrografia eletrônica HPV).

Mais de 70 Tipos de papilomavírus Humanos Distintos São reconhecidos atualmente. Identificação de Novos Tipos baseia-se no grau de hibridação de DNA com Tipos anteriormente Classificados. Se Houver Mais do Que Uma Diferença de 10% a Partir de Tipos previamente classificadas, um isolado E considerado parágrafo representar hum tipo distinto. Embora existam MUITAS excepções, OS Tipos de HPV tendem a causar lesões Clínicas Características. A Tabela 1 Lista de lesões Clínicas Típicas observados com Tipos de HPV.

O ritmo Entre a inoculação e o aparecimento de Uma lesão E Bastante Variável. A Experiência clínica Sugere Que varia de Uma a algumas Semanas parágrafo verrugas Comuns um hum ano UO Mais Pará Alguns Casos de verrugas genitais. O longa latência das verrugas genitais TEM causado Confusão com o abuso sexual, Uma Vez Que a inoculação de Crianças A Partir de hum canal de parto infectado PODE NÃO SE manifestar em Alguns Casos POR Mais de hum ano.

Respostas imunitárias mediadas POR célula PARA O vírus de e provavelmente o fator Mais Importante na Resistência do hospedeiro 1-4. Infiltrante Células-T ea necrose celular POR satélite indicativa de morte dos queratinócitos mediada POR Células observada em verrugas regredindo suporta este Conceito 5. Obalek apresentou Uma série de Defeitos de Imunidade mediada POR Células em individuos com verrugas incluíndo dinitroclorobenzeno diminuída (DNCB) Sensibilidade em patients com verrugas Comuns e planas, e diminuiu como Respostas dos linfócitos do sangue periférico de fito-hemaglutinina (PHA) em patients com Todos Os Tipos de verrugas 6. A humoral Imunidade, Por Outro Lado, Não parecem desempenhar hum Importante papel na RESPOSTA fazer hospedeiro OU em Resposta ao Tratamento 7.

Verrugas Comuns

etiologia

Um certo Número de Tipos de HPV São conhecidos POR causar O Que seriam reconhecidos clinicamente Como Uma verruga Comum, incluíndo HPV 1, 2, 4, 7, 27, 57, 60, 65 10. HPV 2 e visto com Mais Freqüência when tipagem viral E Feito 12-14. Os Tipos de HPV causam verrugas that Comuns TEM Uma predileção POR epiderme Totalmente queratinizadas e NÃO costuma causar lesões genitais (condiloma acuminado). Uma Exceção Notável E HPV 2, Que É conhecida POR causar lesões Comuns, orais e genitais e PODE causar OU genital auto-inoculação verrugas orais de lesões NAS Mãos 15-18.

O vírus HPV 2 E UMA causa Comum de condiloma acuminado em Crianças Pequenas e bebés. O vírus PODE Ser transmitido das Mãos de Profissionais de Saúde infectados Durante alterações de fralda, e, portanto, DEVE Ser Tomado cuidado parágrafo NÃO interpretar mal auto-inoculação OU Infecções contacto inocentes Como prova de abuso sexual.

Tratamento

Vesicantes, cantaridina como, Sozinho OU EM Combinação com podofilina OU página Outros Agentes São UMA Terapia ablativa Eficaz e Quase indolor, Tornando-se Uma Boa ESCOLHA para Crianças. Devem Ser Tomadas precauções com Estes Agentes Uma Vez Que uma Elevada área superficial das verrugas PODE Conduzir um Uma Mais Vigorosa fazer that um RESPOSTA esperada.

terapia médica tópica inclui geralmente Uma UO Duas vezes um application diaria de Agentes citotóxicos UO anti-Virais, incluíndo 5-fluorouracilo, o ácido retinóico, or podofilox podofilina. Agentes queratolíticos, Tais Como Combinações / ácido láctico salicílico São Úteis, particularmente em Combinação com hum agente citotóxico. A Duração do Tratamento dependerá fazer * Tamanho da verruga e o grau de desconforto tolerável PARA O Paciente, mas geralmente necessitará de 4-6 Semanas UO Mais.

A sistémica terapia com retinoides orais OU antagonistas H2 PODEM Ser Úteis Para o Tratamento de hum grande Número de verrugas. A isotretinoína OU etretinato PODE Ser Utilizado Como monoterapia OU Como terapia adjuvante em Combinação com a terapia tópica. antagonistas de H2 Tais Como cimetidina e ranitidina TEM SIDO utilizados Para estimular como Respostas mediadas POR Células contra o vírus em Crianças e Adultos 20-22. Embora hum Estudo RECENTE Controlado NÃO Mostrar hum Benefício significativo de cimetidina em relaçao Ao placebo, Os anti-H2 PODE Ser Eficaz em dosagens de 30 mg / kg OU Maiores doses (25-40 mg / kg, utilizados TEM Sido nd maioria dos Estudos publicados ), Como particularmente hum adjunto Pará uma terapia tópica 23.

As Crianças Pequenas TEM Uma Alta taxa de Chamada Resolução Espontânea das verrugas, a maioria dos Quais PODE Ser curas imunológicas. Estudos controlados sugerem that cerca de 30% das Crianças responder vai Ao Tratamento com placebo não Prazo de 3 meses e Mais de 50% apresentam Remissão sem treatment não Prazo de Dois anos, 23-25. Estes Fatos levaram a tentativas serias Para induzir a cura com uma Sugestão (Tratamento simulado), adereços usando, Como Luzes UVA, corantes fluorescentes UO Outros Tratamentos pseudo. Enquanto Isto É, sem Dúvida, TEM um Vantagem de Nao se submetam as Crianças Jovens parágrafo Tratamentos dolorosos e emocionalmente traumáticos, a taxa de RESPOSTA de Curto Prazo Só PODE Ser previsto Para Ser Approximatif 30%, e, portanto, NÃO E preferível uma Mais Eficaz e terapias relativamente indolor, Como cantaridina e 5-fluorouracil Tópico. Além Disso, as Crianças NÃO tratadas São hum Reservatório PARA O vírus that PODEM infectar OUTRAS Crianças e Adultos, that perpetuam e intensificando o Problema.
Figura 3. Como verrugas periungueais.

verrugas periungueais requerem Uma consideração especial Terapêutica (Figura 3. verrugas periungueais). Selecção de Tratamento IRA variar consideravelmente dependendo da Situação clínica. Embora tenha SIDO dito Que de Azoto Líquido E o Tratamento de Escolha, Isto É Extremamente desconfortável e TEM o potencial parágrafo danificar permanentemente a matriz da unha. injeções de bleomicina also São eficazes, mas TEM Riscos semelhantes Ao nitrogênio Líquido (Danos matriz) e, Muito ocasionalmente, PODE causar Fenômeno persistente de Raynaud EM Dígitos Tratados 26, 27. A electrocoagulação soluçar anestesia Eficaz PODE Ser local, mas geralmente NÃO É O Método preferido de Tratamento inicial, Uma vez Que É Uma das Formas Mais Cicatrizes de terapia. O Tratamento médico com terapias combinadas tópicas de Vários Tipos E, provavelmente, um Menos Cicatrizes e Método Mais Eficaz de Tratamento, mas requer Uma boa adesão do Paciente. Solução de 5-fluorouracilo, Solução de ácido retinóico, e queratolíticos contendo ácido salicílico, PODEM Ser utilizados Como Agentes Únicos OU em eficacia Melhorada, em Combinação. A Imunoterapia tópica E UMA excelente forma de terapia parágrafo OS Casos Resistentes. O Método preferido de terapia dependerá Fortemente da Situação clínica e da Experiência do médico assistente. Otras Sugestões de Tratamento PODE Ser Encontrado na RXDERM-L Arquivo.

Verrugas palmoplantar

Estas lesões São Notáveis ​​Pela SUA espessura, devido à SUA Presença na Pele acral das Mãos e dos Pés. A Maior profundidade de Tecido infectado Faz Com que essas verrugas Mais dificeis de TRATAR com Sucesso em Comparação com verrugas na Pele Não-acral.

etiologia

1 de HPV E a causa Mais Comum de palmares e plantares verrugas, embora HPV 2 e Outros vírus causar-lhes 12. 28 (Figura 4a 4b 4c 4d verrugas plantares; …. Figura 5. Palmar Wart). HPV 60, Uma causa Muito Menos Comum de verrugas plantares, Esta Associado a verrugas palmoplantares Que Tem Componentes císticos. HPV 63, also Uma causa rara de verrugas plantares, PODE causar Uma verruga plantar pontuada fazer tipo mosaico (Figura 4c).
4b Figura. verruga plantar

Tratamento

Verruca Plana (verrugas Plano)
Figura 6a. plana Verruga.

etiologia

Tratamento

A médica terapia com hum Número de Produtos Tópicos PODEM Ser Julgados, incluíndo Líquido ácido retinóico (0,05%), tópica 5-FU (UO 2% OU 5%), podofilox, podophyllin OU preparações contendo ácido salicílico (Duofilm, oclusal- HP, Outros). Se monoterapia NÃO para Bem sucedida, Combinações de Agentes topicals PODE Ser tentado. terapia ablativa, particularmente com Azoto Líquido, TAMBÉM E Útil. Imunoterapia tópica TAMBÉM PODE Ser USADO com cautela parágrafo Casos dificeis.

acuminado condiloma

etiologia

papilomavírus humano Tipos 6 e 11 de São OS Tipos Virais Mais Comuns encontrados sem acuminado condiloma (Figura 7a. 7b. 7c. 7d) 36-39. Outros Tipos de vírus Que causam lesões mucocutâneas NA Região genital Que São considerados de alto Risco de causar câncer cervical e cutâneas incluem HPV 16, 18 e Outros Vários (versão Verrugas & Cutânea Carcinoma abaixo).
7b Figura. acuminado condiloma.

Tratamento

simples Destruição com nitrogênio Líquido e Eficaz em lesões Menores, Bem circunscritos. ablação um laser E particularmente bom parágrafo lesões cervicais intravaginais OU Onde como Técnicas destrutivas Mais Simples (Por Exemplo. Azoto Líquido) São tecnicamente dificeis de USAR. ácido tricloroacético tópica TAMBÉM TEM SIDO Aplicado Para uma ablação de lesões. lesões MAIORES OU Mais extensas provavelmente DEVE Ser Reduzido com a terapia médica Antes de tentativas de ablação.

Citocinas Como interferão alfa-2b, 1 Milhão de unidades entregues intralesional Três vezes POR semana Durante 3 semanas PODE Ser tentado. Imunoterapia tópica PoDE SER USADO COM Cautela EM Resistentes Casos. Agentes Mais Recentes, Como cidofovir e imiquimod PODE EM BREVE Preço total: Adicionar Ao arsenal tópica Para o Tratamento de condiloma.

Como verrugas orais
Figura 8. verrugas orais.

etiologia

Tratamento

simples Destruição com nitrogênio Líquido, laser, or electrodesiccation soluço anestesia local, E, provavelmente, a Melhor Abordagem Para algumas lesões. Se Infecção POR papilomavírus orais ESTÁ Associada com hum estado imunocomprometido, o Prognóstico PODE reflectir a Gravidade da Deficiência imune subjacente.

Focal Hiperplasia epitelial
Figura 9. hiperplasia focal epitelial.

etiologia

hiperplasia epitelial focal (HEF) OU Doença de Heck (Figura 9) e Um discreto, AINDA disseminação da Infecção virai da mucosa oral. HPV 32 e A causa Mais Comum Desta Entidade, com o HPV 13 Sendo o Próximo Mais Comum 44. Outros vírus, incluíndo HPV 11, São conhecidos Para dar Origem AOS Resultados característicos ocasionalmente. Este NÃO E conhecido POR Ser Uma Condição pré-cancerosa. Em Alguns Casos, PODE haver Uma predisposição familiar.

Tratamento

O Nitrogênio Líquido OU treatment um laser PODE Ser tentado, mas como lesões tendem a Ser Resistentes a terapia destrutiva e PODE resolver sem treatment. Otras Formas de terapia incluíndo interferão intralesional, Bloqueadores H2 orais, retinoides orais, or terapia tópica com 5-FU isoladamente OU em Combinação com o ácido retinóico Tópico PODE Ser Útil.

Epidermodisplasia Verruciformis
Figura 10a. verruciforme Epidermodisplasia.

etiologia

Epidermodisplasia Verruciformis (EDV, Figura 10a. 10b. 10c. 10d. 10-E) E UMA Doença autossômica recessiva da Imunidade cutânea que Faz com Que OS individuos afetados suscetíveis a hum subconjunto de verrugas Nao Vistos EM página Outros individuos. O advento da Tecnologia de transplante, a epidemia de SIDA Mudou ISSO, e ágora Casos de Infecção clínica com Estes vírus São Vistos EM individuos imunocomprometidos 33, 34. O defeito imune na Desordem familiarizado Ser Parece hum Problema Muito Estreita Que APENAS OS Torna susceptíveis AOS Tipos de verrugas Característica vista em EDV. Os Tipos de HPV característicos da Doença incluem HPV 3, 5, 8, 9, 10, 12, 14, 17, 20, 21, 23, 25, 28, 38, 47, 49.

Verrugas em EDV São Tipicamente plana, numerosos e sutil, mas PODE Ser eritematosa (Figura 10d). QUANDO a Doença comeca a se manifestar na infância, como verrugas, Por vezes, dar uma aparencia clínica da pitiríase versicolor. Como verrugas PODE Envolver Quase QUALQUÉR área do Corpo, mas tendem a Ser Mais proeminente NAS Extremidades, especialmente Nos Braços (Figura 10A).

O facto de that a supressão imune de OUTRAS Causas also Resulta em susceptibilidade a este Único grupo de vírus de papiloma E a Própria Evidência indirecta PARA O papel central de hum defeito imunitário em EDV 33, 34. Outra Evidência parágrafo Uma Disfunção da Imunidade mediada POR Células VEM da Observação de that 60% destes individuos NÃO PODEM Ser sensibilizadas parágrafo DNCB 6. A superprodução do fator de necrose tumoral-alfa, fator de Crescimento transformante-beta e cis -ácido uroc�ico PODE Estar Jogando hum papel sem defeito imunológico familiarizado 32.

A Combinação de Infecção POR HPV, a imunossupressão Relativa e luz solar de São Uma Combinação potente cancerígeno; se cessos individuos Não São reconhecidos e Tratados adequadamente, enguias estao em Risco substancial de desenvolver Câncer de Pele (Figura 10f –squamous ocorrendo carcinoma de Células não EDV e Doença de figura –Bowen 10g na Orelha em EDV).

Tratamento

verrugas & cutânea Carcinoma

A Natureza cancerígena de certos subtipos de vírus do papiloma humano TEM SIDO reconhecido ágora parágrafo Mais de Uma Década. Enquanto o tracto genital feminino, particularmente o colo do útero, e Mais propenso PARA O Efeito cancerígeno destes vírus, pele glabra TAMBÉM PODE Estar envolvido.

O Mais cancerígeno Desses vírus São Tipos Que causam lesões genitais UO orais, em particular, o HPV 16, 18, 31, 33, 39, 35, 51, 58, 72 e 73. O Outro grande grupo de papilomavírus Associados Ao Câncer São aqueles Associado com epidermodisplasia verruciforme, particularmente Tipos 4, 5, 8, 14 e 47. OS Tumores de Pele glabra envolvem geralmente OS vírus genitais, Uma vez Que OS Tipos de EDV-Associados raramente São Vistos em individuos Nao-imunocomprometidos. lesões Clínicas PODEM Incluir carcinomas de Células escamosas verrucosas e das Regiões genitais carcinomas OU fazer períneo e escamosas da Ponta dos DeDos e plantar Pelé. Condiloma acuminado da Região perianal (7d Figura) PODE TAMBÉM predispor PARA O carcinoma retal, particularmente QUANDO OS condilomas São devido a hum vírus de alto Risco.

Mecanismos da carcinogênese

O Câncer PODE Ser visto Como um Acumulação de 3-5 Anomalias hereditárias Que trabalham em Conjunto Para Produzir Uma célula Totalmente maligno. Isto É mostrado esquematicamente na Figura 11. A Infecção com hum vírus Do papiloma humano, em particular, hum vírus de alto Risco, PODE Ser Responsável POR Pelo Menos Dois Defeitos moleculares potencialmente sepulturas, SEJA OU, a Perda de p53 e / ou Função da proteína fazer retinoblastoma.

Figura 11. envolvidos Eventos Genéticos NA carcinogênese. A Primeira alteração genética that predispõe à carcinogénese foi denominado iniciação. A Acumulação de alterações genéticas Adicionais ocorre Durante a Progressão Até ter Acumulado Suficiente parágrafo resultar em hum tipo de célula Totalmente maligno (geralmente, 3-5) anormalidades genéticas. A Expansão Durante clonal este Processo Resulta em hum tumor.

Os papilomavírus Humanos Proteínas evoluíram parágrafo Controlar O Crescimento das Células epiteliais that they infectam. This Era Uma necessidade Uma Vez Que Estes vírus requerem Uma célula metabolicamente Ativo, Dividindo um Fim de Completar o Seu ciclo de vida. Em particular, como Proteínas E6 e E7 TEM CAPACIDADE um parágrafo anular OS controlos de Crescimento e de diferenciação that de Outro Modo impedir o Crescimento de Células epiteliais e dificultam uma PROPAGAÇÃO viral (ver Figura 12). o "E" designação indica hum precoce gene, OU SEJA, um gene that viral ESTÁ ligada no Início do Processo de infectar Uma célula.

Figura 12. genoma O fazer vírus do papiloma humano. o "E" designação indica Uma proteína virai precoce, Que É Expressa não Início de Uma Infecção vegetativo. Da MESMA forma, o "eu" designação indica hum gene tardia viral, geralmente envolvido em Coberturas de proteína Virais.

Figura 13. Efeitos Sobre E7 de Rb. E7 de Ligação de RB conduz à Libertação de E2F retido, permitindo Que o ciclo de célula Para Progredir.

O gene supressor Outro de Importante tumor envolvida na carcinogénese viral E a p53, o qua TEM Pelo Menos Três funcoes IMPORTANTES envolvidas na SUA Função supressora de tumor (ver Figura 14). Em RESPOSTA um Danos no ADN, p53 pára a divisão celular e se Regula genes envolvidos na Reparação do ADN, Tais Como GADD45 46. Se o ADN NÃO PODE Ser reparado, a p53 desempenha um SUA Terceira e TALVEZ Mais Importante Função, parágrafo induzir uma morte programada celular. Isto É Garante Que Nenhum Dano nenhum DNA reparado E propagada, e e vitalmente Importante Para a Manutenção da Integridade do genoma. Devido a estas funcoes Essenciais, uma denominada p53 foi "Guardião do genoma". Portanto, a Perda de p53 Promove uma instabilidade genética e predispõe Fortemente Células afectadas parágrafo acumular anormalidades genéticas Adicionais.

Figura 14. Função de p53. A proteína E6 viral se liga e inactiva p53.

Porque p53 also E Importante na Regulação da diferenciação e da supressão da divisão celular, papilomavírus Humanos evoluíram de uma proteína E6 de contornar ISSO. De forma analoga Às Proteínas E7, E6 Proteínas dos vírus de alto Risco Ligar p53 com Maior avidez. Disso Além, oncogénicos vírus OS, na Verdade, Mais PROMOVER mediada POR ubiquitina Repartição fazer p53, Levando a Uma profunda Perda de Actividade de p53 47.

A Integração PODE Ser ELE PRÓPRIO envolvido na tumorigenicidade de papilomavírus. A Integração E geralmente necessaria parágrafo imortalização de Linhas Celulares de queratinócitos com papilomavírus 49, 50. de: Não surpreendentemente, como Sequências de E6 e E7 São genes OS Virais Mais Comuns incluidos em integrações Associados com Tumores e parecem Ser uma parte do genoma viral essencial parágrafo imortalizar Linhas de queratinócitos 51. a Perda de Controlo de dos genes E6 e E7 de Expressão PODE ocorrer Durante a Integração. Isto É devido PODE ser, EM MUITOS Casos, a Perda do gene E2, um Evento Comum Durante a Integração. O PRODUTO de proteína E2 ESTÁ envolvido na Regulação de da Expressão de genes da página Outros Virais, incluíndo E6 e E7 52, 53. A Expressão de dos genes E6 e E7 also Integrados poderia Ser Aumentada, devido a Factores Relacionados com o genoma da célula hospedeira. Em Apoio a este Conceito, um Estudo observou that Populações de Células clonais com Sequências E7 Integrados tinham níveis Mais Elevados de Expressão E7 Comparação COM clones sem Integração, apesar de hum Número de Copias E7 Maior Nos clones NÃO Integrados 54.

Doença de Bowen
Figura 15. Doença de Bowen na fenda natal.

Doença de Bowen, particularmente when encontrada na Região perineal, PODE Estar relacionada com condiloma acuminado (Figura 15). Neste Caso, havia Uma História de 15 e 20 anos de preexistente, tratadas de forma inadequada condiloma acuminado. Uma lesão that AINDA se assemelha a Uma verruga grosseiramente e microscopicamente PODE Ser visto na parte inferior Direita da Imagem. Uma área de Mais Vermelho tinha Uma focos de carcinoma de Células escamosas invasivo when foi removido. Página Outros Tumores de Bowen localizados em áreas expostas Não-sol PODEM Ser Relacionados com o papilomavirus Infecção (Figura 16a -16b). Clinicamente e histologicamente, essas lesões TEM Características de verrugas Virais.

bowenóide Papulose
17b Figura. Bowenóide papulose não escroto. 17c e Um close-up Desta MESMA lesão.

Bowenóide papulose (Figura 17a. 17b. 17c) E UMA lesão genital hiperceratótica Que É clinicamente Compatível com Uma verruga benigna papular, AINDA TEM Uma histologia Compatível com carcinoma de Células escamosas não locais (Figura 17c). Foi dito Que estas Não São propensos a Progredir parágrafo Uma lesão invasiva. No entanto, Uma Vez Que Uma Elevada percentagem destas lesões abrigar hum vírus de alto Risco, o Mais sensato E destruí-los.

Outras Doenças malignas Relacionadas com o Papilomavírus Humano

Outros Tumores malignos Relacionados COM papilomavírus humano incluem carcinomas verrucosas e de Células escamosas do pênis, pele plantar OU E carcinomas vulva de Células escamosas da Região periungueal dos DeDos da MAO. Os HOMENS NÃO TEM circuncidados o Maior Risco de desenvolver carcinoma do pênis Por Causa da Influência de co-carcinogênico fazer esmegma (a Mistura de restos Celulares e substancias tóxicas Que se acumula soluço o prepúcio). O dedo de e propensa a Estes Problemas Por Causa de Seu Contato ocasional com um Pele genital abrigando vírus de alto Risco e Os Efeitos co-carcinogênico da luz solar.

Referências

7. Steele K, Shirodaria P, M O’Hare, et al. ácido monocloroacético e 60% de ácido salicílico Como hum Tratamento parágrafo verrugas plantares simples: eficacia e Modo de Acção. Br J Dermatol 118 (4): 537-543, 1988. Cristais de ácido monocloroacético e 60% pomada de ácido salicílico foi encontrada parágrafo Ser Mais Eficaz fazer that o placebo PARA O Tratamento de verrugas plantares simples num Estudo duplamente cego em 57 Doentes. Dezanove (66%) Pacientes sem grupo de Tratamento activo em Comparação com cinco (18%) Pacientes sem grupo de placebo were curados apos 6 Semanas (p = 0,002). O Tratamento activo foi Associada com Uma Taxa de Cura significativamente MAIS Elevada de 6 meses apos a entrada (P = 0,04). Os Tratamentos were Bem tolerados. Anticorpos IgG OU IgM OU Ambos PARA O vírus do papiloma humano (HPV) Tipos 1 OU 2 ou Ambos were detectadas Uma Frequência significativamente Maior sem Grupo TRATADO activamente 6 Semanas apos a entrada (P = 0,0005). Doze (50%) patients considerados Para Ser curado NÃO tinha RESPOSTA imune Secundária detectável. Os NOSSOS Resultados sugerem Que a cura NÃO Depende principalmente sem humoral Sistema, mas sim Sobre a Destruição Mecânica de Tecido das verrugas, or ocorre Como hum resultado de Imunidade mediada POR Células.

14. Nuovo GJ, Lastarria DA, Smith S, et al. Padrões papilomavírus segregação Humanos em verrugas genitais e Não-genital em Crianças pré-púberes e Adultos. Am J Clin Pathol 95 (4): 467-474, 1991. Este Estudo comparou OS Padrões de segregação de vírus do papiloma humano (HPV) em verrugas genitais e Não-genital em Crianças pré-púberes e Adultos. 2 HPV detectada foi na maioria dos verrugas Não-genital em Crianças e Adultos, Ao Passo Que Nem HPV 6 OU 11 foi detectado em LOCAIS NÃO-genital em Cada grupo, com a utilização de hibridação in situ OU Análise de mancha de Southern. De Nove lesões do trato genital EM Crianças. 2 HPV detectada foi em Dois e HPV 6 UO 11 em SEIS. Mais de 90% dos Casos de condilomas tracto regionais nsa Adultos continha HPV 6 HPV OU 11. 2 NAO FOI detectada EM QUALQUÉR hum dos 99 lesões do trato genital em Adultos. CONCLUI-SE Que o HPV 6/11 NÃO PODEM proliferar em LOCAIS cutâneas Não-genital HPV e 2 PODEM proliferar no tracto genital de Crianças, mas NÃO Adultos. ASSIM, a detecção de HPV 6 OU 11 em Uma verruga genital NUMA Criança implica, assumindo Transmissão cutânea, Infecção genital A Partir de hum local, Ao Passo Que a detecção de HPV 2 presumo Transmissão Não-genital.

15. Obalek S, S Jablonska, Favre M, et al. condiloma acuminado EM Crianças: Associação Frequente com papilomavírus humano Responsáveis ​​Pelas verrugas cutâneas. J Amer Acad Dermatol 23: 205-213, 1990.

19. Naylor H, Neldner K, L Yarbrough, et ai. Contacto Imunoterapia de verrugas Resistentes. J Amer Acad Dermatol 19 (4): 679-683, 1988. Contacto Imunoterapia TEM Provado Ser Eficaz sem Tratamento de verrugas Resistentes. Este Relatório narra Nossa Experiência com hum novo agente de Contato Imunoterapia, difenilciclopropenona. TEMOS conseguido Uma taxa de cura de 62% em 45 patients com verrugas Resistentes de Todos os Tipos Que vieram A Nossa Clínica Geral Dermatologia. Como taxas de cura PODE Ser menor em patients that sofreram varias Falhas de treatment. A maioria das curas were obtidos Dentro de 3 a 4 meses. Embora pareça Um pouco Menos Eficaz fazer that OS Relatórios publicados de Imunoterapia Contato dinitroclorobenzeno, Imunoterapia Contato difenilciclopropenona e Um Tratamento Eficaz Para verrugas Resistentes e evita eventuais Problemas de mutagenicidade. Referências: 31

21. Bauman C, Francis JS, Vanderhooft S, et al. terapia de cimetidina POR VARIAS verrugas Virais EM Crianças. J Amer Acad Dermatol 35 (2 Pt 1): 271-272, 1996.

22. Orlow SJ, Paller A: terapia cimetidina parágrafo Varias verrugas Virais em Crianças. J Am Acad Dermatol 28 (5 Pt 1): 794-6 de 1993.

23. Yilmaz E, Alpsoy E, Basaran E: terapia cimetidina Pará verrugas: um Estudo duplo-cego, Controlado POR placebo. J Amer Acad Dermatol 34 (6): 1005-1007, 1996. ANTECEDENTES: A cimetidina, um antagonista dos Receptores H2, TEM SIDO USADO com Sucesso parágrafo TRATAR patients com candidiase mucocutânea, imunodeficiência Comum Variável, herpes simples e herpes zoster causa de SEUS Efeitos imunomoduladores. Recentemente, Alguns Estudos sugeriram Que a cimetidina PODE TAMBÉM Ser Útil Para o Tratamento de verrugas. Objectivo: O Objectivo do Presente Estudo foi determinar se a cimetidina e Eficaz no Tratamento de verrugas. MÉTODOS: Setenta patients com verrugas multiplas were incluidos em hum Estudo duplo-cego, Controlado POR placebo. Os patients were Distribuídos aleatoriamente em grupos de Tratamento igual. Os grupos receberam cimetidina, 25 a 40 mg / kg por día, or placebo, Durante 3 meses. OS PACIENTES were examinados em Intervalos Mensais. RESULTADOS: No final, fazer treatment, 28 cimetidina-TRATADO e 26 patients Tratados com placebo were examinados Para determinar a eficacia do treatment. Como taxas de cura obtidas ERAM 32% (9 de 28) no grupo TRATADO COM cimetidina e 30,7% (8 de 26) no grupo TRATADO com placebo. Nenhuma Diferença significativa foi encontrada Entre cimetidina e placebo em eficacia (p = 0,85). CONCLUSÃO: Os NOSSOS Resultados mostram that a cimetidina NÃO e Mais Eficaz fazer that o placebo não Tratamento de Doentes com verrugas vulgares.

24. Messing AM, Epstein WL: História das naturais verrugas: um Estudo de Dois ano. Arch Dermatol 87: 301-310, 1963.

25. Esterly NB, Infecções Virais cutâneas, não Livro de Nelson de Pediatria, R. E. Behrman e V.C. Vaughan, Editor. 1983. WB Saunders: Philadelphia. p. 1721-1722.

27. Epstein E: bleomicina intralesional e Fenômeno de Raynaud. J Amer Acad Dermatol 24 (5 Pt 1): 785-786, 1991.

29. Fuchs PG, Pfister H: Clonagem e Caracterização de DNA 2c tipo de papilomavírus. Intervirology 22 (3): 177-180, 1984. papilomavírus humano (HPV) O ADN foi isolado a Partir de Uma verruga plana clinicamente diagnosticada e provou Estar relacionada com HPV2. O isolado mostrou 55% de hibridação cruzada com HPV2a. Um mapa físico de LOCAIS de clivagem de Enzimas de Restrição diferiam Completamente daquelas de HPV2a e HPV2b. O novo subtipo HPV2, Que Será classificado Como HPV2c, verificou-se Ser Muito prevalente em verrugas vulgares.

30. Jablonska S, L Orth, Jarząbek Chorzelska-H, et al. Estudos OS imunológicos em Epidermodisplasia verruciforme. Cancro do touro (Paris) 65 (2): 183-190, 1978. Imunofluorescência e mediadas POR Células Estudos de Imunidade were Realizados em 14 Casos de Epidermodisplasia verruciforme (EV), 3 dos abortiva OU regredindo em Membros das Famílias dos patients com EV. Dois Diferentes Tipos de vírus do papiloma humano (HPV) – HPV3 e HPV4 – were encontradas em Casos de EV. HPV3 foi em detectada also verrugas planas, Sem caracteristicas de EV. De: Não houve reactividade cruzada between Estes Dois vírus, NEM COM HPV1 Responsável POR verrugas plantares NEM com HPV2 induzir verrugas Comuns. Havia Uma Relação Entre o tipo de HPV e o Quadro clínico de EV, Bem Como a Transformação maligna, OU SEJA, HPV4 foi encontrada parágrafo Ser Mais oncogénica. um Imunidade mediada POR Células (CMI) Parece Ser hum Fator Importante, Porque ELE estava deprimido na grande maioria dos Casos Ativos e preservados em regredindo e Casos abortivos (nos Membros das Famílias dos patients EV). No entanto, a baixa CMI foi Encontrado em Casos EV infectadas com HPV3 e verrugas planas persistentes also devido à HPV3, Que Não foram submetidos à Transformação maligna. Em contraste, nenhum Caso de hum EV devido a Uma Transformação maligna HPV4 ocorreu apesar de AINDA Preservada, embora Reduzido CMI. Vários papilomavírus humano parecem diferir em Seu potencial oncogénico. HPV1 POR Responsável verrugas plantares, e HPV2 parágrafo verrugas Comuns Não Tem potencial oncogénico Evidente, HPV3 induzir tanto EV e verrugas planas TEM Uma oncogenicity Baixo, enquanto HPV4 induzir Alguns Casos de EV Parece Mais oncogênicos.

33. de Jong-Tieben LM, Berkhout RJ, Smits HL, et al. Alta Frequência de detecção de epidermodysplasia DNA do papilomavírus humano verruciforme-Associados EM biópsias de lesões cutâneas malignas e pré-malignas de patients transplantados Renais. J Invest Dermatol 105 (3): 367-371, 1995. Com base de datos em imunológicos e epidemiológicos, E plausível Que o Câncer de Pele em transplantados Renais E Associado com papilomavírus humano (HPV). No momento, Evidências conflitantes Existe Sobre a Presença de DNA do HPV em sos Tipos de Câncer. Recentemente, descreveu hum Método de Reação em Cadeia da polimerase aninhada Que permite a detecção de Todos os verruciforme epidermodysplasia previamente isoladas (EV) HPVs -associated. Descreve-se ágora a detecção de ADN de HPV Associados um EV em 49 (80%) de 61 biópsias des carcinomas de Celulas escamosas, EM Quatro (50%) de Oito carcinomas de Células basais, Em 14 (93%) de 15 queratoses actínicas, em Dois (40%) de cinco Casos de Doença de Bowen, E em Quatro (57%) de sete queratoacantomas. DNA de HPV tipagem revelaram that de Todos os Tipos de HPV detectados pertencia AOS Tipos de HPV Associados-EV. Um largo espectro de HPV EV-Associado foi Encontrado, incluíndo SEIS Novos Tipos de HPV putativos. Em Uma Elevada percentagem das lesões foi detectado Mais do Que hum tipo de HPV. Que frequentemente se OS mesmos Tipos de HPV em biópsias Diferentes de Pele de Ambas como lesões malignas e pré-malignas fazer MESMO Paciente. A Alta Freqüência de detecção de Tipos de HPV Associados um EV em biópsias de lesões malignas e pré-malignas esta de according com a hipótese de that HPVs EV-Associados estao envolvidos na patogênese do Câncer de Pele em patients transplantados Renais.

40. Fisher AA: reacções sistémicas e LOCAIS sepulturas uma resina podofilina tópica. Cutis 28 (3): 233, 236, 242 passim, 1981.

42. Neville BW, Damm DD, Allen CM, et al. Ed. Oral & Maxilofacial Pathology. 1ª ed. 1995. W. B. Saunders: Philadelphia.

43. Miller CS, Branco DK, Royse DD: In situ Análise de hibridação do papilomavírus humano em lesões orofaciais usando Uma sonda de consensus biotinilado. American Journal of Dermatopathology 15 (3): 256-259, 1993. A eficacia do kit de Viratype Omniprobe em hibridização in situ de papilomavírus Tecido humano (Digene Diagnostics) was avaliada para á detecção de ADN de HPV EM lesões orofaciais Comuns. Setenta lesões mucocutâneas were hibridizados com hum Omniprobe biotinilado Que era Específico parágrafo OS Tipos de HPV 6, 11, 16, 18, 31, 33, 35, 42, 43, 44, 45, 51, 52 e 56. Dezoito (25,7 %) de OS espécimes analisados ​​tinha Sinais intranuclear Positivos Para o HPV. A Medição com o HPV 11/06, 16/18 e 31/33/35 Para delimitar o genotipo HPV produziu ADN de HPV 11/06 em 16 (88,9%) de dos espécimes Omniprobe-Positivos. APENAS papiloma escamoso e condiloma acuminado were encontrados parágrafo abrigar DNA HPV. Sites Mais frequentemente infectados were OS labial e mucosa bucal (21,7%) e do assoalho da boca (17,4%). Estes Resultados sugerem Que a hibridação com o Omniprobe proporciona Sensibilidade e especificidade apropriada parágrafo a detecção de HPV em Alguns proliferações benignas da cavidade oral. No entanto, a detecção de HPV em carcinomas orais de Células escamosas, líquen plano e ceratoacantoma continua a Ser problematica Até Que Sejam utilizadas Técnicas moleculares Mais sensíveis e Específicos.

46. Sanchez Y, Elledge SJ: Parou de para Reparos. Bioessays 17 (6): 545-548, 1995. A p53 proteína supressora de Tumores ESTÁ intimamente envolvido na RESPOSTA celular um Danos no DNA, controlando a Paragem do celular ciclo, apoptose e uma Indução da Transcrição de genes induzíveis de Danos no DNA. Um Alvo Transcricional de p53, GADD45, descobriu-se recentemente Pará se Ligar a PCNA, um Componente dos Complexos de Replicação / Reparação de ADN, implicando, Assim, GADD45 nenhum metabolismo do ADN. Usando Ensaios OS bioquímicos, um papel parágrafo GADD45 na Reparação de excisão in vitro TEM SIDO demonstrada. Experiências anti-SENTIDO also indicaram hum papel na Vivo para o gene GADD45 na Sobrevivência uma irradiação com Raios UV. Estas Descobertas estabelecer Uma Ligação Entre p53 e reparo do DNA POR Meio GADD45. Referências: 27

59. Kanda R, Tanigaki t, Kitano Y, et al. Tipos de papilomavírus Humanos Isolados de patients Japoneses com Epidermodisplasia verruciforme. Br J Dermatol 121 (4): 463-469, 1989. Estudos virológicos were Realizados em 12 patients com Epidermodisplasia verruciforme (EV). Were observados Três Tipos de lesões: Placas Vermelhas, pitiríase versicolor (PV) -como máculas e verrugas planas. papilomavírus humano (HPV) 14, 20 e 21 were Isolados a Partir das Placas, faça HPV 3, 14 e 38 a Partir de verrugas planas e HPV 5, 12, 17, 20 e 38 a Partir de lesões PV-like. De: Não foi estabelecida nenhuma Relação clara Entre OS Diferentes lesões e OS Tipos de HPV. Tipos 17 e 20 were Mais Isolados de patients EV japonesa e HPV 5, frequentemente detectados EM Outros Países, E Menos Comum, enquanto that HPV 8 NÃO foi isolado. cancros da Pele ocorreu em SEIS dos Casos (50%) e todos tinham lesões benignas that estavam PV-like. Pelo Menos hum tipo de HPV 5, 17 OU 20 PODE Ser isolado a Partir destas lesões benignas e HPV 17 OU 20 detectados nsa cancros. Estes Três Tipos de VPH em patients EV parecem Estar envolvidos na Transformação maligna. Autor-abstract

61. Kremsdorf D, S Jablonska, Favre M, et al. papilomavírus Humanos Associados a Epidermodisplasia verruciforme. II. A clonagem molecular e um Caracterização bioquímica do vírus do papiloma humano 3a, 8, 10, 12 e genomas. J Virol 48 (2): 340-351, 1983. O ADN de Quatro papilomavírus Humanos (HPV) that were encontrados NAS lesões benignas de Três patients Que sofrem de epidermodisplasia verruciforme were caracterizados. Como lesões de verruga-like planas e como lesões maculares de Paciente 1 continha Dois vírus, o HPV-3-A e HPV-8, respectively, cujos genomas Já tinha SIDO APENAS parcialmente caracterizada. Como lesões de verruga-like planas de Paciente 2 e como lesões maculares de Paciente 3 Cada continha hum vírus anteriormente consideradas Como pertencentes a Tipos 3 e 5, respectively. Estes vírus estao apresentados no Presente Estudo para Ser Diferente de Todos os Tipos de HPV Até ágora caracterizados; they were tentativamente denominado HPV-10 e HPV-12. O HPV-3a, HPV-8, HPV-12 e ADN e Os Dois fragmentos Sall de HPV-10 de ADN (94,1 e 5,9% do comprimento do genoma) were clonados em Escherichia coli, DEPOIS de ter inserido SIDO sem plasmídeo pBR322. Os genomas de HPV clonados TEM Tamanhos semelhantes (cerca de 7.700 pares de bases), mas o Seu Conteúdo de guanina-plus-citosina diferem de 41,8% parágrafo HPV-12 DNA parágrafo 45,5% DNA parágrafo HPV-3a. O Estudo da Sensibilidade dos Quatro DNAs de HPV parágrafo 14 endonucleases de Restrição permitiu a Construção de Mapas de clivagem. Evidência parágrafo LOCAIS de Restrição conservadas foi Encontrado APENAS PARA O HPV-3a e HPV-10 genomas Uma Vez Que 5 dos 21 LOCAIS de Restrição localizados no DNA HPV-3a parecem Estar PRESENTES TAMBÉM nenhum ADN de HPV-10. Experiências de hibridação, realizadas em fase líquida em saturação, mostrou Uma homologia de 35% de Sequência Entre HPV-3a e HPV-10 ADN, 17 a 29% de homologia de Sequência Entre o HPV-5, HPV-8, e HPV- 12 SNDA, Quase nenhuma Sequência de homologia Entre o HPV-3a OU ADN de HPV-10 e HPV Outro ADN, e Uma homologia fraca Entre HPV-9 ADN e HPV-8 OU ADN de HPV-12. Blot Experiências de hibridação mostraram nenhuma homologia de Sequência Entre o HPV-3a, HPV-8, e HPV-12 ADN EO ADN dos VPH Associados com verrugas cutâneas (HPV-1A, O HPV-2, HPV-4 e HPV-7) UO com lesões NAS Membranas mucosas e mucocutâneas (HPV-6b e HPV-11-A, respectively). Uma Exceção foi Uma fraca homologia de Sequência Entre o HPV-2 Protótipo e HPV-3a DNA OU HPV-10. (RESUMO truncada em 400 Palavras)

62. Ostrow R, K Zachow Watts S, et al. Caracterização de Dois HPV-3 papilomavírus Relacionadas de verrugas Comuns Que São distintas clinicamente de verrugas planas OU Epidermodisplasia verruciforme. J Invest Dermatol 80 (5): 436-440, 1983. TEMOS recentemente identificou Dois Papilomavírus Humano (HPV) incomuns DOS Isolados, enquanto envolvido em hum Estudo em Curso da Doença verruga em manipuladores de carne e Veterinários. Os papilomas de that Estes Dois vírus were Isolados verruga vulgar clinicamente se assemelhavam Ao inves de QUALQUÉR verrugas planas OU Epidermodisplasia verruciforme (EV). Estes Dois HPVs anteriormente descaracterizados were molecularmente clonados e caracterizados com Relação à HPVs conhecidos. Os genomas dos Dois vírus exibiram dramaticamente Diferentes Padrões de clivagem de endonuclease de Restrição, mas were encontrados parágrafo ter homologia de Sequência significativa Entre si, Bem Como Para HPV-3 e Um Novo vírus isolado A Partir de hum Paciente com EV. Nenhum dos Dois Isolados de HPV novo exibem homologia de Sequência detectável soluçar condições rigorosas de hibridação OU Partilhar OS Padrões de clivagem de endonuclease de Restrição compatíveis com Tipos de HPV previamente caracterizados 1,2,4,5,6b, OU UM HPV previamente isoladas de manipuladores de carne.

63. Pfister H: vírus do papiloma humano e Câncer de Pele. Semin Cancer Biol 3 (5): 263-271, 1992. O papilomavírus humano (HPV) lesões cutâneas induzidas São classicamente lesões benignas. No entanto Uma Associação entre Tipos Específicos de HPV e Câncer de Pele Torna-se Óbvio em Epidermodisplasia verruciforme (EV). A Análise Desta Doença sugerem that como lesões infectadas com HPV Tipos 5 e 8 apresentam hum Elevado Risco de Desenvolvimento de carcinomas de Células escamosas. oncogenes Os de EV-vírus Parece Ser E6 e E2, em vez de E7. O “alto risco” ev-vírus, o HPV 5, 8, e 47, diferem dos Tipos de HPV na Actividade de Transformação do gene E6 e na Densidade dos Elementos de Controlo da Transcrição Positivas na Região NÃO codificante (NCR) do genoma. O ADN virai extracromossómico em cancros PODEM Mostrar eliminações Que afectam Sequências reguladoras. lesões Específicas de EV ocorrer ocasionalmente em Pacientes imunossuprimidos e HPV 5 ou 8 persistem em Alguns dos cancros da Pele para quê cessos patients São propensos. Os ADN de HPV 2, 16, 34, Ou 41 were identificados em Alguns Tumores da Pele pré-malignas e malignas da População los Geral. Referências: 65

76. Gassenmaier A, Pfister H, Hornstein OP: papilomavírus humano 25 Relacionados com o solitário DNA em keratoacanthoma. Arch Dermatol Res 279 (2): 73-76, 1986. queratoacantomas solitária de 32 patients were rastreadas parágrafo a Presença fazer vírus do papiloma humano (HPV) 25 de DNA, Que foi originalmente isolado e molecularmente clonado A Partir de verrugas de hum verruciforme (EV) epidermodisplasia Paciente. O ADN do vírus biotinilado hibridada foi in situ parágrafo secções Finas obtidas A Partir de material de embebido em parafina. DNA do HPV detectado foi em 12 de 32 Tumores soluçar condições rigorosas, e em 2 Tumores Adicionais em condições Relaxado.

79. Scheurlen W, Gissmann G, Gross L, et ai. A clonagem molecular de Dois Novos Tipos de HPV (HPV 37 e HPV 38) A Partir de hum ceratoacantoma e hum melanoma maligno. Int J Cancer 37 (4): 505-510, 1986. Vários Tumores da Pele benignas e malignas were analisadas parágrafo a Presença do vírus do papiloma humano de DNA (HPV). Por hibridação com Sondas de ADN de HPV Diferentes soluço condições NÃO rigorosas (Tm -40 graus C), Dois Tumores were encontrados parágrafo Conter Sequências de ADN Específicas do HPV em Números de Copias alto: (1) um ceratoacantoma A Partir de hum Paciente that also sofria de Uma basalioma; (2) um melanoma maligno PROPAGAÇÃO superficial de hum Paciente imunossuprimido. Para Uma Análise Mais aprofundada destes Sequências de ADN de Bibliotecas genómicas A Partir de Ambos OS ADN dos Tumores were construidos e, destes, 4 Tipos Diferentes de DNA de HPV were clonados. Atraves de Experiências de hibridação cruzada e Análise de mapa de Restrição de ADN de HPV 9 foi identificado nenhum ceratoacantoma enquanto that ADN de HPV 17-PODE Ser clonado a Partir do melanoma maligno. Um tumor Partir de Cada de hum tipo de HPV Adicional NÃO E identica a Outros Tipos de HPV-conhecidos foi clonado. Estes Isolados estao intimamente Relacionados com HPV 9, 15, 17, 22 e 23. foi construido hum mapa físico de Ambos HPV DNAs. * Tamanho (7,8 kpb) de Alinhamento, co-linear com o HPV 16, hibridação cruzada com Outros HPV-Tipos soluçar condições de baixa severidade e estado epissomal monomérica das Moléculas de HPV indicam Que estas Duas Sondas de ADN representam Novos Tipos de HPV that were tentativamente designadas Como HPV 37 (ceratoacantoma) e HPV 38 (maligno melanoma). Nenhum destes Dois Tipos de HPV PODE Ser Encontrado em QUALQUÉR tumor Outro de 231 ADN, provenientes de Diferentes Tecidos. Autor-abstract

84. Grimmel M, de Villiers E-M, Neumann C, et al. Caracterização de Uma nova papilomavírus Humanos (HPV 41) A Partir de verrugas disseminadas e detecção do DNA Seu em Alguns carcinomas da Pele. Int J Cancer 41 (1): 5-9, 1988. Um novo tipo de vírus do papiloma humano (HPV 41), distantemente Relacionados COM Protótipos de conhecidos de HPV, foi isolado A Partir de hum Paciente com disseminadas verrugas facial, e peri-anal do Pé (epidermodisplasia verruciforme NÃO foi diagnosticado). O DNA viral foi molecularmente clonado em 2 fragmentos de Restrição BamH1 com Tamanhos de 6,5 kb e 0,98 kb, respectively. A classificação Deste ADN clonado Como Um Novo tipo baseia-se no grau de hibridação cruzada com OS Tipos de HPV 40, soluçar condições de rigor Variável. Um total de 106 de lesões da Pele benignas e malignas, Bem Como 71 Tumores malignos de Diferentes origens, were rastreadas parágrafo a presence de Sequências Relacionadas com o HPV. Em Dois dos 10 carcinomas de Células escamosas e EM 1 dos 3 Arsénio queratoses Sequências de DNA de HPV 41 poderia Ser detectado. Autor-abstract

86. Kiyono T, Adachi A, Ishibashi M: Genoma Organização e posição taxonômica de papilomavírus humano tipo 47 inferida a Partir de SUA Sequência de DNA. Virology 177 (1): 401-405, 1990. Determinou-se a Sequência nucleotidica completa do humano papilomavírus tipo 47 (HPV-47) de DNA isolado a Partir da lesão de epidermodisplasia verruciforme (EV). Uma Comparação Assistida POR Computador de HPV-47 COM Outros vírus Associados-EV, utilizando OS Dados de Sequências Disponíveis a Seu Respeito revelou Que o HPV-47 se assemelha tanto HPV-5 e HPV-8 tanto Quanto HPV-5 e HPV-8 se assemelham Entre si, é Isso Levou-SOE a considerar Estes Três vírus Como hum conjunto e HPV-19 e HPV-25 Como chamada outro. A CONCLUSÃO implica that o HPV-47 Bem Como HPV-5 e HPV-8 ESTÁ Associada com uma Ocorrência do Câncer em EV. Dois Conjuntos de dador de splicing e Sequências aceitadoras em HPV-47, that were Results Display Resultados anteriormente parágrafo O Trabalho in vivo, estao also conservados em HPV-5 e HPV-8. Um Deles permite a Formação de Um ORF previsto parágrafo codificar Uma proteína de Fusão de E1 / E4.

89. Frattini MG, Lim HB, Laimins LA: Na Síntese in vitro do vírus de papiloma Humanos oncogénicos requer genomas epissómicos parágrafo Expressão tardia Dependente da diferenciação. Proc Natl Acad Sci 93 (7): 3062-3067, 1996. O papilomavírus humano (HPV) dos Tipos 16, 18, 31 e 51 São OS Agentes etiológicos de MUITOS cancros anogenitais incluíndo OS não colo do útero. Estes "Alto Risco" HPVs visar especificamente epitélio escamoso genital, e Seu ciclo de vida lítico ESTÁ intimamente ligada à diferenciação epitelial. O Nós desenvolvemos hum Ensaio parágrafo genético como funcoes de HPV Durante a patogénese recircularizado usando clonados genomas do HPV 31 that were transfectadas, juntamente com hum Marcador de resistencia a Drogas EM Culturas em monocamada de queratinócitos do prepúcio humano normal, um hospedeiro célula natural. APOS A Seleção da droga, como Linhas Celulares were Isolados Que estavelmente mantido DNA HPV 31 Como epissomas e foi submetido a diferenciação terminal, when cultivada em Culturas de jangada organotípicas. Em jangadas diferenciadas, uma Expressão de genes tardios Virais, a amplificação de ADN virai e uma Produção de Particulas Virais were detectados em Células suprabasais. Isto É demonstrou a CAPACIDADE de sintetizar a Partir de viriões de HPV 31 moldes de ADN transfectadas e permitiu Uma Análise das funcoes de HPV Durante o ciclo de vida viral vegetativo. Em SEGUIDA, este Sistema Utilizado parágrafo Investigar se hum genoma epissomal foi Necessário Para a Indução da Expressão do gene virai final. QUANDO UM Genoma de HPV 31 (31E1 *) contendo UMA mutação SEM SENTIDO na Grelha de Leitura Aberta E1 foi transfectado em queratinócitos Humanos Normais, como Sequências Virais mutantes were encontrados parágrafo Integrar-se no ADN cromossómico da célula hospedeira com tanto precoce e Regiões tardias intacta. Enquanto were observados Elevados níveis de Transcrição de genes Virais precoce, nenhuma Expressão de genes tardios detectada foi em jangadas de Linhas Celulares Que Contém o genoma virai mutante apesar da Evidência do terminal de diferenciação. Por conseguinte, a Indução da Expressão do gene virai tardia Necessário Que OS genomas Virais Sejam mantidos Como Elementos extracromossómicos, diferenciação Terminal E POR si Só NÃO foi Suficiente. Estes Estudos fornecem uma base parágrafo Uma Análise pormenorizada das funcoes de HPV Durante um viral patogénese.

91. Rho J, Roy-Burman A, Kim H, et al. Sequência de nucleótidos e classificação filogenética de papilomavírus humano tipo 59. Virology 203 (1): 158-161, 1994. A nucleotidica completa Sequência do genoma de ADN do HPV 59, isolado à partir de neoplasia intraepitelial UMA da vulva, determinada foi. E constítuida POR 7896 nucleótidos. Uma Análise comparativa da Sequência de este com tão Sequências de Outros Tipos de HPV revelou uma homologia Mais Próximo de HPV 18 (71%), o HPV 45 (70%), e o HPV 39 (69%). Uma das Análise filogenética ORF L1 completos de HPV 59 e Outros papilomavírus Exclusivamente grupos de Todos os HPVs that were detectados em lesões mucosas em hum ramo principais. Este princípio ramo, POR SUA vez, inclui Dois subgrupos Específicos contendo de Todos os vírus de alto Risco Associadas com lesões malignas da mucosa. O Motivo sem L2 ORF Thr-Thr-Pro-Ala-Val / Ile-Leu / Ile-Asp / Asn-Val / Ile, Uma Extensão de hum Motivo da mucosa relatado anteriormente, E Altamente conservada em todos OS Tipos de HPV detectado em lesões da mucosa, Que É Totalmente ausente Nestes vírus Exclusivamente Associados com lesões cutâneas.

92. Egawa K, Honda Y, Y Inaba et ai. Detecção de papilomavírus Humanos e ductos écrinos em cisto epidermoide palmoplantar. Br J Dermatol 132 (4): 533-542, 1995. Apesar de ter SIDO assumido cistos epidermóides das palmas e solas Para desenvolver um Seguir a Implantação de Um fragmento da epiderme, Como resultado de Uma lesão penetrante, o Mecanismo patogénico E AINDA controversa, e A Descoberta de Um agente etiológico Mais Comum E aguardado. Clínicos, histológicos, imuno-histoquímica e Estudos de Biologia realizadas were moleculares em 119 cisto epidermoide de Localização palmoplantar, um Fim de examinar o papel dos ductos écrinos, e papilomavírus humano (HPV), na patogênese Desta Doença. Características histológicas caracteristicas were encontradas, incluíndo OS CORPOS eosinofílicos intracitoplasmáticos (ICB: EM 14 CASOS, 12%) na Parede do cisto, Estruturas vacuolares (V: EM 28 Casos, 24%), OU Núcleos paraqueratóticas (P: EM 85 Casos, 71 %) no interior da massa de queratina na cavidade do cisto. Estruturas ductal sugerindo ductos écrinos (E: EM 63 CASOS, 53%) also were encontrados na Parede fazer cisto UO na cisto cavidade. das QUALQUÉR Estruturas ductais OU Expressão do antigénio carcinoembrionário (66 Casos, 55%) were observados EM UM totais de 73 Casos (61%). Papilomavírus antigénios Comuns were detectados em 36 Casos (30%) Que mostram Uma UO Mais das Três Características histológicas distintas, OU SEJA, ICB, V e P. Subsequentemente, como experiencias de hibridação de para detectar O ADN fazem realizadas HPV were EM 47 Casos, Revelando uma Associação entre cistos Exibindo ICB OU V ea Presença de Sequências de DNA de HPV 60. COM NOS NOSSOS base de Resultados, Nós propomos Que OS cistos epidermóides NAS regions palmoplantares PODE desenvolver-se a Partir de Condutas ecrinas, e Que o HPV e lesões PODEM desempenhar UM papel na patogénese SUA.

93. Kato N, Ueno H: Dois Casos de cisto epidérmico plantar Associados vírus AO do papiloma humano. Clin Exp Dermatol 17 (4): 252-256, 1992. cistos epidérmicos Associadas Ao HPV da sola (HAECS) do Pé relatados TEM Sido recentemente no Japão, em Que Existe Uma Coloração positiva PARA O anticorpo papilomavírus Nos núcleos das Células epiteliais na Parede do cisto e vacúolos nenhum material córneo estratificada Dentro dos cistos. Uma Associação causal com hum HPV recentemente reconhecido, HPV 60, gravada foi. Os Autores relatam Dois Casos Novos. O Possível Mecanismo de Formação de cistos no epitélio HPV 60 infectado E discutido.

95. Honda A, Iwasaki T, Sata T, et al. Papilomavírus humano tipo 60 Associado verruga plantar. estriadas verruga. Arch Dermatol 130 (11): 1413-1417, 1994. FUNDO: Nos tínhamos clonado recentemente Um Novo cutânea papilomavírus humano tipo 60 (HPV-60) A Partir de Um cisto plantares COM alterações patológicas Características e identificou-O EM cistos Adicionais. No entanto, Não se sabe se OU NÃO uma Infecção Pelo HPV-60 Faz Com que como OUTRAS lesões cutâneas. OBSERVAÇÕES: Seis verrugas plantares were encontradas EM PACIENTES Cinco. Estas verrugas were encontrados tanto com cistos concomitantes plantares (Quatro patients) OU SEM UM cisto de Acompanhamento (um Paciente). Todas como verrugas mostrou Uma aparencia clínica semelhante, incluíndo Uma superficie suave e ligeiramente Elevadas e o aparecimento retido dos Sulcos dérmicos. Como SUAS Características histopatológicas were idênticos AOS encontrados na Parede dos cistos relatado anteriormente, um sabre, hiperqueratose com Estrutura vacuolizado com OU sem núcleos NA Camada córnea e inclusões citoplasmáticas eosinofílicas amorfas NAS Células com núcleos perifericamente localizados NAS Camadas de Células granulares e espinhosas. Por Análise de mancha de Southern, TODAS como verrugas Portadores Eram fazer HPV-60 de ADN. Adicionalmente, imuno-histoquímica e hibridação in situ na Análise revelou uma Presença de antigénio da cápside virai e fazer Genoma nestas virais lesões, respectively. CONCLUSÃO: CONCLUI-SE Que o HPV-60 Infecções nd Pelé plantar provoca uma lesão verrucosa, Designado Como verruga sulcadas, Distintos daqueles infectados com vírus Outros fazer Papiloma Humano cutâneas.

96. Egawa K: Novos Tipos de papilomavírus Humanos e Corpos de Inclusão intracitoplasmáticos: a classificação de verrugas de Inclusão de TRADUÇÃO COM CARACTERÍSTICAS Clínicas da Histologia e Tipos de Associados HPV. Br J Dermatol 130 (2): 158-166, 1994. Dois Novos Tipos de Corpos intracitoplasmáticos de Inclusão (OIPBs) Associados com Características Clínicas distintas, e uma Presença de DNA de Diferentes Tipos de papilomavírus Humanos (HPVs) relatadas São Paulo. Cento e sete verrugas cutâneas contendo OIPBs were Agrupados em Três CATEGORIAS de TRADUÇÃO COM caracteristicas distintas clínico-patológicas: 67 ERAM lesões de verrugas com granular Bem conhecido (Gr) -ICB, 13 ERAM lesões queratósicas puntiformes com filamentosa (Fl) -ICB e 31 were pigmentada verrugas com homogênia (Hg) -ICB. Estudos de biologia molecular were realizadas a Fim de avaliar Uma Associação Específica de Cada grupo de verrugas com Tipos Distintos de HPV. Como Sequências de ADN de HPV-1 detectados were em TODAS como lesões com hum GR-ICB. lesões queratósicas puntiformes com Fl-ICB were Associados com HPV-63, Que foi recentemente clonado A Partir de Uma tal lesão. Uma das Amostras also continham ADN de HPV-1. verrugas pigmentado com Hg-OIPBs continha UM DOS HPVs Relacionados, E ISTO, o HPV-4, um novo tipo de HPV 60 OU HPV-, o HPV-65. COM nestas bases Associações, Uma classificação de verrugas de Inclusão e proposto.

97. Egawa K, Delius H, Matsukura T, et al. Dois Novos Tipos de papilomavírus humano, HPV 63 e HPV 65: comparações de SUAS Características Clínicas e histológicas e Sequências de DNA de um Outros Tipos de HPV.Virology 194 (2): 789-799, 1993. Existe Uma Associação entre Apresentando verrucae com Características Específicas histológicas e fazer tipo de HPV induzir uma lesão. Uma lesão induzida cabelo HPV 1 ESTÁ Associado com hum tipo de granulado de Corpos de Inclusão intracitoplasmática (Gr-CPI), enquanto Que 4 de HPV ESTÁ Associado com o tipo de ICB homogénea (Hg-ICB). Um Terceiro tipo de Corpo de Inclusão, um tipo filamentoso (F1-ICB), verificou-se Estar Presente em lesões queratóticas puntiformes Múltiplos. Um novo tipo de papilomavírus, HPV 63, estava Presente em Taís lesões. Apos a clonagem, Caracterização e sequenciamento de DNA Seu genoma, HPV 63, embora AINDA Muito distinta (lt; 66% de homologia de nucleotídeos), poderia Ser agrupado com HPV 1. Ao Exame histológico de lesões verrucosas that apresentam clinicamente com cinza de pigmentação preta, o Hg -ICB PRESENTES estavam Muito característico. Estas lesões were infectadas com HPV 4, HPV 60, OU HPV 65. A maioria das lesões continha o novo tipo de HPV 65. Este ADN virai foi isolado e caracterizado. Sua Sequência de ADN TEM Uma homologia de 83% Ao fazer HPV 4, enquanto that Ambos estao Mais distantemente Relacionados com HPV 60, um HPV Isolada de hum cisto epidermoide.

99. Volter C, He Y, Delius H, et al. Tipos de HPV Novos PRESENTES em lesões papilomatosas orais de patients com Infecção Pelo HIV. Int J Cancer 66 (4): 453-456, 1996. Os patients infectados com o vírus da imunodeficiência humana (HIV), MUITAS vezes desenvolvem lesões multiplas papilomatosa da cavidade oral. Sem Presente Estudo, um total de de 67 biópsias de lesões orais benignas were analisadas parágrafo a Presença do vírus do papiloma humano de DNA (HPV), utilizando hibridação de Southern-blot em Combinação com Uma reacção em Cadeia da polimerase concebidos parágrafo detectar de Todos os Tipos conhecidos de HPV, Bem Como NÃO identificado Tipos. Estas Amostras, coletadas aleatoriamente de Uma População de alto Risco, were posteriormente Divididos EM 57 biópsias provenientes de patients com Infecção confirmada cabelo HIV e 10 biópsias de patients com HIV estatuto Desconhecido. Cada Amostra foi amplificado com 7 Combinações Diferentes de iniciadores degenerados. De Todos os Produtos amplificados were sequenciados. Sequências de DNA de HPV were detectados em 67% (45/67) das Amostras. HPV 7 (19%) e HPV 32 (28%) were OS Tipos de predominantes de HPV. HPV 32 estava Presente em 2/4 fibromas testados. Dois Novos Tipos de HPV, o HPV 72 e HPV 73, were identificados em verrugas orais com atipia. Os genomas destes vírus completos were clonados e sequenciados. Outros Tipos de HPV detectados were HPV 2a, HPV 6b, HPV 13, HPV 16, HPV 18, HPV 55, HPV 59 e HPV 69.

mensagens Relacionados

  • Condiloma hpv virus0

    Causa de condiloma Recentemente, OS Investigadores were digitando HPV; há ágora Mais de 45 Tipos de conhecidos de HPV. Destes, o HPV tipo 6 e tipo 11 envolvem OS Órgãos genitais em cerca de 10% a 15% dos Casos. HPV …

  • vírus do câncer cervical, Vírus do Câncer cervical.

    Como verrugas Comuns, verrugas plantares e planas cutâneas Verrugas verrugas Comuns São encontradas em áreas Que estao expostas e, frequentemente, esfregou, Como NAS Mãos e nsa joelhos. ELES São levantadas e Áspera. Plantar…

  • Condiloma – síntomas, Causas …

    rápido Você tem SIDO Vítima de Pequenos inchaços, Lábios redondo em Seu, língua, palato, boca, garganta OU orgão sexual? Há Uma forte Probabilidade de that Você está em condiloma tendão. Vá em frente e leia Tudo …

  • condiloma vírus HPV

    O QUE É ISSO? Condiloma acuminado e Um tipo de verruga venérea Que Cresce geralmente na genital Região. E Considerada uma Doença sexualmente transmissível Mais Comum. PODE ocorrer em QUALQUÉR Idade, mas …

  • Condiloma hpv virus4

    O Objetivo Deste folheto Este folheto foi Escrito Para Ajudar rápido Você um entendre Mais Sobre as verrugas genitais. Vai Dizer-LHE o Que É, O Que ELE Faz, O Que PODE Ser Feito Sobre ISSO, e Onde você PODE …

  • síntomas frio ferida vírus

    Tratamentos Para verrugas genitais, feridas (aftas), herpes genital e HPV de Walden Bioresearch Recentemente, um grande Avanço foi Descoberto POR Pesquisadores Por Causa Desse Avanço …