Comparação de Três Sequências de RM …

Comparação de Três Sequências de RM …

Comparação de Três Sequências de RM ...

Abstrato

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A Melhoria da Sensibilidade de Ressonância Magnética Para a detecção de lesões de Esclerose Múltipla (MS) sem cabo PODE Ser Útil na Determinação fazer diagnóstico e poderia Conduzir um Uma Melhor Compreensão da Evolução da Doença. O Objetivo Deste Estudo foi comparar fast spin-echo (FSE) com magnetização gradiente-eco (MT-GE), Preparado de transferencia e Recuperação Rápida inversão-inversão em Tempo Curto (fast-STIR) Sequências de RM Para determinar Qual É O Melhor Para lesões da medula cervical de Imagem em Pacientes com moeda electrónica.

RESULTADOS: No final, fazer Estágio 1, meios UMA de 1,16 lesões da medula POR Paciente were observadas em Imagens FSE, 1,57 em Imagens MT-GE (35% Mais do Que em FSE), e 1,92 em Imagens rápidamente agitar- (66% Mais do Que em FSE). Duas UO Mais lesões da medula cervical were encontrados em 16 Imagens do FSE (29%), 23 em Imagens MT-GE (46%), e 30 em Imagens fast-STIR de (54%). Como Diferenças were reduzidas Apos o Estágio 2: MT-GE detectado 22% MAIS lesões e fast-STIR 36% lesões MAIS fazer that o FSE. Considerando como Três Sequências juntos, 113 lesões de da medula cervical were observadas EM 50 patients (89%).

CONCLUSÃO: Ambas como Sequências fast-STIR MT-GE e retratam Mais lesões cabo MS cervical fazer that uma Sequência de FSE, ter com fast-STIR uma Sensibilidade Melhor. Fast-STIR Imagens de RM PODE Ser Útil Para Determinação do diagnóstico de patients com Suspeita de MS e Pará melhorar O Nosso Entendimento da Evolução de MS.

Métodos

Pacientes

Were estudados 56 patients COM EM clinicamente Definida (19) (37 Mulheres e Homens 19). A Media Idade (SD) foi de 37 (12,5) anos, a Duração Média da Doença foi de 6 anos (Variação, 1 a 28 anos), ea Escala de Status mediana Expanded Disability (EDSS) pontuação (20) foi de 2 , 5 (variando de 0,0 a 7,5). De according com OS criterios de Lublin e Reingold (21). 32 patients tiveram MS Secundária progressiva MS, 20 tinham reincidente-remitente, Dois tiveram MS Primária progressiva, e Dois tiveram MS benignas. Dez individuos Saudáveis ​​pareados POR Idade e sexo SERVIU Como Sujeitos de Controlo. A aprovação foi obtida a Partir do Comitê de Ética local, e Consentimento Informado POR Escrito foi obtido de Todos os patients incluidos no Estudo.

Medula RM cervical

RM foi realizada em todos OS PACIENTES E Controles em hum Sistema 1.5-T. Com Uma espinha cervical bobina adaptados-matriz faseada parágrafo Recepção do Sinal, were utilizadas como seguintes Sequências de pulso: a) ponderadas em T2 FSE (4700/112/3 [TR / TE / excitações]; echo comprimento do Comboio, 15; campo de Visão [FOV], 280 × 280 mm; * Tamanho da Matriz, 360 × 512; ritmo de Aquisição, 5 Minutos e 43 Segundos); b) gradiente-eco (fast Baixo Angulo de tiro [FLASH]) (600/10/2; Angulo aleta, 20 °; FOV, 280 × 280 mm; * Tamanho da Matriz, 224 × 256; ritmo de Aquisição, 4 minutes e 31 Segundos). This Sequência, daqui em Diante referido Como TA-GE, foi Duas Realizado vezes, Uma Vez com e Uma Vez sem hum pulso de saturação de transferencia de magnetização (o impulso de saturação foi hum impulso de Radio-Frequência fóruns de Ressonância CENTRADO 1, 5 kHz Abaixo da Frequência da Água, com hum envelope de Gauss de Duração e 7,68 milissegundos ‘hum angulo de tampa de 500 °); e c) fast-STIR (2288/60/4; echo comprimento do Comboio, 11; FOV, 280 × 280 mm; * Tamanho da Matriz, 264 × 512; ritmo de Aquisição, a 7 Minutos 21 Segundos).

Além dessas Sequências, e APENAS NOS PACIENTES, obtivemos Estudos CSE ponderadas em T1 com contraste de 5 minutes apos uma Injeção de dimeglumina gadopentetato (0,1 mmol / kg). Parâmetros Para esta Sequência were 500/12/2; FOV, 245 × 280 mm; * Tamanho de Matriz, 192 × 256; Tempo de Aquisição, a 3 Minutos e 15 Segundos. This Sequência foi realizada parágrafo determinar Quantas das lesões observadas com como OUTRAS Sequências poderiam Ser Classificados Como T1 hipointensa Ou de aumento do contraste.

Revisão de Imagens

Análise estatística

Resultados

Número de lesões da medula cervical visto usando each Técnica NAS Fases 1 e 2 fazem Revisão da Imagem

Número, A Razão parágrafo Erros de Interpretação e Localização das lesões consideradas falso positivo na fase 2 de Análise de Imagem parágrafo Cada Técnica

No final, fazer Estágio 1 de Análise de Imagem, Mídia UMA de 1,16 lesões da medula POR Paciente (95% de Intervalo de Confiança [CI] = 0,91-1,48) were observadas NAS IMAGENS FSE, 1,57 ( IC95% = 1,28-1,94) nenhum Imagens MT-GE e 1,92 (IC 95% = 1,60 a 2,33) Sobre as Imagens fast-mexa. Tomando FSE Como uma Técnica de Referência, MT-GE apresentaram, em mídia, 35% A MAIS (IC 95% = -2% a + 86%) e fast-STIR 66% A MAIS (IC 95% = + 22% ao + 126%) lesões (χ 2 -teste parágrafo heterogeneidade = 10,8 [df = 2], P = 0,005).

Sem lesões were Vistos em 17 Imagens do FSE, sete Imagens MT-GE, e sete Imagens fast-mexa. ASSIM, 70% das Imagens do FSE e 87% das Imagens fast-STIR MT-GE e mostrou Resultados Anormais. A lesão Única medula cervical foi Encontrado em 23 Imagens do FSE (41%), EM 26 Imagens MT-GE (46%), E em 19 Imagens fast-STIR (34%); e Duas UO Mais lesões were encontradas em 16 Imagens do FSE (29%), EM 23 Imagens MT-GE (46%), E EM 30 fast-STIR (54%) Imagens de. Essas Diferenças were estatisticamente significativas (P = 0,02).

No final, da fase 2 (e Isto É, apos a contagem de lesões retrospectiva), 1,48 lesões da medula POR Paciente (IC de 95% = 1,20 a 1,84) were detectados NAS IMAGENS FSE, 1,80 (IC de 95% = 1,48-2,19) em TA Imagens da GE e 2,02 (IC 95% = 1,48-2,19) em Imagens fast-mexa. Tomando FSE Como uma Técnica de Referência, MT-GE detectado, em mídia, 22% A MAIS (IC 95% = -9% a + 63%) e fast-STIR 36% A MAIS (IC 95% = + 3% ao + 81%) lesões (χ 2 -teste parágrafo heterogeneidade = 4,7 [df = 2], P = 0,09). Como porcentagens de lesões falso-Positivos e falso-negativos were de 22% PARA O FSE, 16% PARA O MT-GE, e 6% Para fast-STIR (P = 0,006). Sem lesões were Vistos em 12 Imagens do FSE (21%) UO em SEIS (11%) do MT-GE e Imagens fast-mexa.

Considerando-se como Três Sequências de juntas, sem lesões were Vistos NAS Imagens de SEIS patients. Nos restantes 50 patients (89%), 113 lesões Vistos were. Setenta e Duas lesões were observadas em TODAS como Tres Sequências, 25 were Vistos de NA MT-GE e APENAS IMAGENS fast-STIR (Figuras 1 e 2), o SEIS EM FSE e imagens Rápido agitar-SOMENTE (Fig 2), um em FSE e MT Única Imagens -ge, Sete em APENAS IMAGENS fast-agitar, e Dois em APENAS IMAGENS MT-GE. Quatro lesões were Vistos Como anormalidades discretas NAS Imagens FSE: enguias Não foram Contados Como lesões indivíduos Sobre MT-GE e Imagens fast-agitar, Uma Vez Que they were incluidos em anormalidades MAIORES. Outros Tres lesões discretas Eram em Imagens de fast-STIR, enquanto that they ERAM parte de áreas Maiores de anormalidades no FSE e Imagens MT-GE. Uma lesão Contados separadamente em Imagens MT-GE foi incluido com anormalidades MAIORES Sobre as OUTRAS DUAS Imagens.

secções sagitais 3 milímetros de espessura da medula cervical em hum Paciente com MS reincidente-remitente.

UMA, FSE (4700/112/3) Sequência.

B, MT-GE (600/10/2) Sequência.

C, Fast-STIR (2288/60/4; TI = 110) de Sequência.

Uma lesão E visto nenhum Nível em C1 B (flecha ) e C.

secções sagitais 3 milímetros de espessura da medula cervical em hum Paciente com MS reincidente-remitente.

UMA, FSE (4700/112/3) Sequência.

B, MT-GE (600/10/2) Sequência.

C, Fast-STIR (2288/60/4; TI = 110) de Sequência.

Duas lesões, UMA anterior em C4 e Uma central de C7-T1, São visíveis não C (flecha ). APENAS uma lesão C4 E Visível NAS B (flecha ), E APENAS uma lesão C7-T1 E NAS Visível UMA (flecha ).

O comprimento de 55 lesões (49%) era igual a menor UO fazer that hum segmento vertebral; 47 lesões (42%) ERAM Iguais OU Inferiores A Dois Segmentos vertebrais; e Os restantes 11 lesões (9%) Longos ERAM MAIS fazer that Dois Segmentos vertebrais. Localização da lesão na medula cervical foi Como se segue: C1 = 1, C2 = 24, C2-C3 = 17, C2-C4 = 7, C2-C6 = 1, C3 = 7, C3-C4 = 16, C3-C5 = 1, C4 = 4; C4-C5 = 5, C5 = 3, C5-C6 = 7, C5-C7 = 2, C6 = 8, C6-C7 = 1, = 8 C7, e C7-T1 = 1. ASSIM, 83 lesões (73% ) envolveu a medula cervical superior (é Isto É, C1-C4), Quer isoladamente UO em Associação com a parte do cabo cervical inferior. Trinta e Quatro lesões (30%) Ocupada Toda a área da Secção transversal do cordão; 46 (41%) were posterior, 26 (23%) were anterior, e Sete (6%) were central. A maioria das lesões NÃO alterou a morfologia de cabo; atrofia da medula foi identificado em Associação COM DUAS lesões (2%) e edema da medula foi identificado em Associação com 13 lesões (11%). Oito lesões (7%) were aumentando e nove (8%) were hipointenso NAS Imagens pós-ponderadas em T1.

Na Tabela 4. A prevalencia de Imagens, com OU sem Artefactos E relatado parágrafo Cada Uma das Três Sequências. Embora o Número de Imagens fast-STIR MT-GE e com Artefatos Que NÃO reduziu a Confiança na Leitura were MAIORES fazer that o Número Correspondente de Imagens FSE, Não foi encontrada Diferença estatisticamente significativa between Os Três Sequências Quanto à Frequência e Gravidade dos Artefatos.

Número de Imagens com e sem Artefatos Classificados de according com a Gravidade

Discussão

Estudos Anteriores Tem demonstrado that uma Sensibilidade do FSE E semelhante Ao da ECA Para uma detecção de lesões da medula espinal não MS (7, 12). Enquanto Alguns Estudos Preliminares, mas NÃO todos (5, 17). descobriram Que a MT-GE (18) e rápidamente agitar- (3) Sequências PODEM oferecer Sensibilidade Uma Melhor. Sem Presente Estudo, comparadas were como sensibilidades de Uma MT-GE e Uma Sequência de fast-mexa com um fazê FSE em Uma grande Amostra de patients com Esclerose Múltipla. Embora reconheçamos that Vários Fatores limitam a CAPACIDADE das Sequências FSE ponderadas em T2 anormalidades parágrafo Mostrar na medula espinhal Sutis (3, 7). NÓS escolhemos FSE, em vez de CSE Como uma Técnica de Referência Para a imagiologia do Cabo Porque FSE E Cada Vez Mais Utilizado na Prática neurorradiológica Rotina Pará Seu Curto ritmo de Aquisição. Além Disso, optamos POR NÃO Incluir Uma Sequência de fast-DOM Neste Estudo por Quatro Estudos Anteriores (3, 14-16) mostraram fast-DOM uma Muito Ser Menos sensivel fazer that o FSE na detecção de anormalidades na medula em MS.

Nosso Estudo indica that tanto Sequências de fast-STIR MT-GE e Revelar Mais lesões cabo MS cervical que that o FSE, e that fast-STIR TEM A Melhor Sensibilidade das Três Sequências. No final, fazer Estágio 1 de Análise de Imagem, O Que Mais se assemelha a Prática radiológica de Rotina, Nossa Seqüência de fast-STIR mostrou Mais do dobro do Número de lesões observadas com FSE, e cerca de 30% de lesões MAIS fazer that uma Sequência MT-GE. Imagens de MT-GE fast-STIR e were com Mais Frequência anormal de Imagens FSE e (particularmente parágrafo fast-STIR) com Mais Frequência mostraram Duas UO Mais lesões da medula cervical. A Demonstração de multiplas anormalidades (Difusão espacial das lesões) na medula E essencial Para o diagnóstico de MS (19) e PODE Ser particularmente Importante em patients com poucos OU Nenhum Cérebro Anomalias, Como PODE ocorrer em Casos de MS progressiva Primária (28).

Como esperado, uma retrospectiva alisado Análise como Diferenças entre como Sequências. No entanto, Um Outro Aspecto Que favorece uma Sequência Rápida de Agitação E Que o Número de lesões de falsos-Positivos e falso-negativos observados Durante a fase retrospectiva da Análise de Imagem era Muito menor do that OS das OUTRAS Sequências, embora hum Padrão de Referência Para a Definição taxas de falso-Positivos e falso-negativos destas Sequências NÃO ESTÁ available, e como CONCLUSÕES definitivas NÃO PODE Ser alcançado. No entanto, o Reduzido Número de resultados falso-Positivos e Falso-negativos em Imagens fast-STIR E Importante Porque Sugere Que OS Relatórios da medula anormalidades do colo do útero não MS PODEM Ser Mais confiáveis ​​QUANDO SE EUA fast-mexa e, consequencia como, a Certeza de diagnóstico Aumentada.

A Prevalência de Anomalias NA medula espinhal encontrados Neste Estudo de patients Seleccionados aleatoriamente com MS clinicamente Definida foi de 90%, um valor that E MUITO semelhante AOS encontrados em hum Estudo post-mortem (1) enviar um e em Estudos Mais Recentes (MR 3-6 , 10). Isto É de Interesse NÃO Só Porque foi Nossa Amostra grande, mas foi representante da gama de fenotipos Clínicos, incapacidades e durações de Doença encontrados em MS. Além Disso, NOSSOS patients Não foram selecionados dos Por Causa dos síntomas da medula espinhal OU Porque enguias tinham Uma Evolução da Doença progressiva, e POR ISSO E POUCO provável Que A Nossa Prevalência de 90% das lesões da medula E UMA superestimativa. Este Estudo also Confirma, Como demonstrado em Estudos Anteriores (4, 10, 30, 31). Que lesões na Coluna vertebral TEM MS como seguintes Características Típicas: ELES São Mais Curtos fazer that Dois Segmentos vertebrais em comprimento, that NÃO ocupe Toda cabo uma área de transversal Secção, Que estao localizados na medula cervical superior, Eles Não alteram a morfologia do cordão umbilical, e Eles Não São hipointensa NAS Imagens ponderadas em T1. Estas Características sugerem hum papel parágrafo a medula cervical imagiologia sem diagnóstico de Esclerose Múltipla, em especial em Casos com poucas OU nenhumas lesões no Cérebro (22, 23). Como E visto frequentemente em Pacientes com Primária EM progressiva (28). em patients Idosos Que PODEM ter multiplas anormalidades hiperintensas NÃO Específicos sem Cérebro, OU em patients Que se apresentam com Síndromes Clínicas isoladas. Aqui e demonstrar Uma Necessário parágrafo Difusão espacial das lesões no SNC. Por Lado Outro, como Funcionalidades atípicas de lesões da medula espinhal (Por Exemplo, lesões Longas OU atrofia severa OU inchaço) DEVE alertar O Clínico de condições OUTRAS Possíveis.

Conclusão

A Sequência Rapida agitar-se Utilizado E UMA Técnica Sensível Para uma detecção de lesões da medula cervical Doentes EM COM EM clinicamente Definida e PODE ter hum papel no diagnóstico da Doença. Estudos longitudinais São Necessários Para determinar se ESTA Sequência E Útil Para a detecção de alterações em lesões da medula Ao Longo do Tempo e, POR CONSEQÜÊNCIA, se ELA PODE contribuir Para a Nossa Compreensão da Evolução MS.

mensagens Relacionados

  • Comparação da cobas humano …

    MATERIAIS RESUMO Introdução E MÉTODOS Para enriquecer a População de Estudo para a positividade do HPV, este Estudo foi aninhada Dentro da Persistência do HPV e Progressão de coorte (PAP Cohort) Estudo (9) ….

  • Comparação de Depilação um laser …

    Guia Rápido Para este Site, Consulte a Tabela de Pelé parágrafo determinar o Seu tipo de Pelé. Reveja OS 5 Métodos de intensa depilação laser e depilação a luz pulsada e rápidamente avaliar cessos methods com …

  • Comparação da Aspiração POR escleroterapia …

    Fundo Abstrato Materiais e Métodos Resultados Oito patients (26,7%) APOS hydrocelectomy desenvolvida febre, Que foi significativamente Mais (p # XA0; lt; 0,05) fazer that 2 patients (6,7%) a Seguir …

  • Comparação de vermelho e Infravermelho …

    Faça Departamento de Dermatologia, Hazrat-e Rasool Hospital Universitário da Universidade de Teerã de Ciências Médicas, Teerão, Irão 1 fotobioestimulação Research Group, Centro Iraniana for Medical …

  • Comparação de escores prognósticos …

    O Tratamento Cirúrgico Resumo de compressão medular metastática com OU sem déficit neural E controversa. pontuação de Karnofsky e Tokuhashi TEM SIDO propostos PARA O Prognóstico da Coluna vertebral …

  • Comparação de laparoscópica vs …

    MÉTODOS RESUMO Introdução O Método laparoscópico Era Uma Técnica de pré-peritoneal. O Procedimento foi Realizado soluço Geral anestesia. Um dilatador de Origem PB2 utilizando Uma dissecção balão foi …